23 abril 2017

O antídoto para o cansaço

O que mais cansa você? Muitas pessoas vivem cansadas, nem sempre por causa do esforço físico demasiado, mas sim pelas preocupações e problemas do dia a dia. E como você está? Cansado? Muitas vezes a causa do nosso cansaço é ter que carregar todas as preocupações e problemas sozinhos, sem ter com quem contar ou alguém que possa ajudar. Não temos muitas pessoas se preocupando com os problemas dos outros. Cada um já tem os seus problemas. Mas, nós temos uma boa notícia para você. Temos o antídoto para o seu cansaço. Este remédio é Jesus Cristo. Ele mesmo promete isto: “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso” (Mt 11.28). Confie em Jesus! Ele quer e pode aliviar a sua carga e dar o descanso que você tanto precisa.

Oração: Ajuda-me, Jesus. Estou cansado. São tantos os problemas, as preocupações e os medos. Sinto que não tenho forças para enfrentá-los. Ajuda-me hoje e sempre. Amém.

Leia em sua Bíblia Mateus 11 - Compartilhe #HoraLuterana

22 abril 2017

Veja as mãos

Cada um de nós tem mãos diferentes. Há mãos calejadas pelo trabalho duro no campo, na fábrica ou oficina. Há mãos com cicatrizes de acidentes na cozinha. Há mãos macias e tratadas com cremes caríssimos. E há as mãos de Jesus. Únicas, elas revelam mais do que sua vida e trabalho. Revelam uma promessa cumprida: ele ressuscitou, apesar de ter as marcas dos pregos nas mãos que foram brutalmente perfuradas na cruz. Mãos que revelam o amor de um Deus que olha para você e aponta as mãos do próprio Filho entregue para nos dar vida. Ao reencontrar seus discípulos, depois da ressurreição, Jesus “lhes mostrou as suas mãos e o seu lado. E eles ficaram muito alegres ao verem o Senhor” (Jo 20.20). Olhe para as mãos de Jesus, e alegre-se na vida que ele oferece.

Oração: Salvador Jesus, teu sacrifício me faz ter a alegria da salvação. Usa minhas mãos para espalhar o teu amor. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia João 20.19-23 - Compartilhe #HoraLuterana

21 abril 2017

Rejeição

Sentir-se rejeitado é sentir-se não amado, talvez perseguido, não compreendido, humilhado. Os discípulos, certos da ressurreição de Jesus, começaram a anunciar a nova vida que Deus oferece. E enquanto muitos ouviam e criam, outros rejeitavam a mensagem e os mensageiros. Presos, depois libertados, os seguidores de Jesus foram ameaçados para que não falassem de Jesus. E eles, mesmo sabendo da rejeição de algumas pessoas, do ódio crescente, afirmaram: “Nós devemos obedecer a Deus e não às pessoas” (At 5.29). Obedeça a Deus: ele não rejeitou você, mas enviou Jesus. Ele não rejeitará você, porém perdoará você sempre e dará nova vida.

Oração: Deus Salvador, mesmo que eu me sinta rejeitado por muitos, sei que sou aceito por ti, por causa de Jesus. Dá-me coragem e força para fazer a tua vontade e falar de Jesus a todas as pessoas. Em nome de Cristo. Amém.

Leia em sua Bíblia Atos 5.29-32 - Compartilhe #HoraLuterana

20 abril 2017

Luta pela liberdade

O apóstolo Paulo, que no início perseguia os cristãos, conheceu a liberdade verdadeira e “começou imediatamente a anunciar Jesus nas sinagogas, dizendo: - Jesus é o Filho de Deus” (At 9.20). E logo tentaram matá-lo por isso. A liberdade em Jesus é tão grande que, mesmo com a morte, com a dor, com a prisão, com a perseguição, com a doença, com a miséria, continuamos livres. Nada pode nos acorrentar ao pecado, à culpa, ao inferno. Jesus nos libertou. Para sempre!

Oração: Jesus, dá-me coragem para, como Paulo, espalhar a notícia da verdadeira liberdade em meu país. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Atos 9.19-25 - Compartilhe #HoraLuterana

19 abril 2017

O melhor interesse

Quais são os seus interesses? O que mais importa para você nesta vida? Deus nos diz para pormos nosso “interesse nas coisas que são do céu, onde Cristo está sentado ao lado direito de Deus” (Cl 3.1). Em Cristo, somos também ressuscitados, passamos da morte para a vida, a verdadeira vida. Por causa de Jesus, todos os interesses da terra, desde os que endurecem corações, causam decepções, geram conflitos, até os que trazem prazer e satisfação, ficam sob a perspectiva correta: vão passar. Mas, a vida, com Jesus, é eterna. 

Oração: Jesus, que a tua ressurreição na Páscoa me lembre de olhar para onde encontro vida. E, assim, eu aprenda a lidar com sabedoria com as coisas que passam. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Colossenses 3.1-4 - Compartilhe #HoraLuterana

18 abril 2017

A razão por que não

Por mais que você sofra bullying e seja exposto publicamente, seja assediado ou mesmo sofra abuso, ou se sinta abandonado, inseguro e desvalorizado, Deus ama você. Mesmo que você sinta a culpa por não conseguir fazer a coisa certa ou aprofundar um relacionamento, Deus ama você. Mesmo que você encontre conselheiros incapazes de compreender sua alma, Deus ama você. O Deus da vida conhece cada dor e lágrima derramada. E ama você. Jesus é o Deus que sofre na pele as nossas dores. E não há nada, ou ninguém, no mundo que apague este amor. Na verdade, “em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor” (Rm 8.39). Sim, você é amado.

Vamos conversar mais sobre isso? Hoje, quarta-feira, no programa “O Caminho”, às 19h, ao vivo pelo www.facebook.com/horaluterana

Oração: Senhor Deus, diante do sofrimento, eu poderia pensar em muitas razões para não viver. Mas o teu amor me dá vida. Lembra-me do teu amor por mim, a cada novo dia. Por Jesus eu peço. Amém.

Leia em sua Bíblia Romanos 8.31-39 - Compartilhe #HoraLuterana

17 abril 2017

Depois da tempestade

Um famoso teólogo chamado Jürgen Moltmann certa vez disse: “Deus chora conosco para um dia podermos sorrir com ele”. Moltmann, que lutara com traumas e sofrimentos da Segunda Guerra Mundial, não estava simplesmente jogando o problema do choro, do sofrimento para frente, fugindo de uma solução. Mas, sim, indicava que Jesus Cristo sabe o que passamos, conhece nosso sofrimento “na pele” e, assim, vivencia e compreende nossos sofrimentos. Nem sempre teremos as respostas de todos os “porquês” da vida. No entanto, se hoje você está sofrendo, lembre-se da ressurreição de Jesus, o “depois da tempestade”: ela oferece esperança e consolo até nos dias mais sofridos. Em Jesus, encontramos esperança e "foi por meio da esperança que fomos salvos" (Rm 8.24).

Oração: Jesus, nem sempre entendo os motivos dos sofrimentos, mas como é bom saber que tu me aceitas com todas as minhas dúvidas e sabe pelo que eu estou passando. Por teu amor. Amém.

Leia em sua Bíblia Romanos 8.18-30 - Compartilhe #HoraLuterana

16 abril 2017

Uma caminhada de domingo

Vivo, ressuscitado, Jesus encontra com dois discípulos caminhando ainda tristes com sua morte. “Então Jesus perguntou: — O que é que vocês estão conversando pelo caminho?” (Lc 24.17). Depois de permitir que eles expressassem sua tristeza e dor, Jesus começa a revelar a eles o mistério. O Cristo primeiramente tinha de pagar o preço do resgate pelos pecados. E somente então ele poderia entrar na glória. Os discípulos, diante da revelação da obra maravilhosa de Jesus, têm seu coração aquecido com fé, confiança e alegria. Vivo, Jesus encontra hoje conosco, com você, para aquecer o nosso coração com o perdão, a vida e a paz eterna.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, obrigado por teres ensinado teus discípulos e a nós sobre o resgate pago por ti para nos libertares dos nossos pecados. Recebe nosso alegre louvor! Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 24.13-35 – Compartilhe #HoraLuterana

15 abril 2017

Uma surpresa ao amanhecer

“No domingo bem cedo, as mulheres foram ao túmulo” (Lc 24.1) mas quando elas chegaram, Jesus já não estava mais lá. “Por que é que vocês estão procurando entre os mortos quem está vivo? Ele não está aqui, mas foi ressuscitado”, dizem os anjos. E eles mencionam três coisas essenciais: Jesus precisava ser entregue nas mãos dos homens, morrer crucificado e ressuscitar novamente em glória. O amor sublime de Deus pelos seres humanos caídos exigiu o sofrimento e morte de Jesus para remover nossos pecados. Agora, vivo, Jesus nos chama à vida!

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Deus, obrigado pela maravilhosa dos anjos: meu Senhor ressuscitou! Eu oro em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Lucas 24.1-12 – Compartilhe #HoraLuterana

14 abril 2017

Preparativos para o sepultamento

Ao morrer, Jesus entregou seu espírito nas mãos do seu Pai. Mas o que aconteceria com o seu corpo sem vida? Deus havia escolhido um homem, chamado José, para ser o pai terreno de Jesus, para encontrar um abrigo e uma manjedoura no seu nascimento. Agora, ele providencia um outro José para preparar um sepultamento para Jesus. “José foi e pediu a Pilatos o corpo de Jesus” (Lc 23.52). Apesar da dor, do luto, do sofrimento que enfrentamos, podemos confiar que Deus tem um plano, melhor, de amor e cuidado, para nós.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Deus, tu levantaste José para cuidar do corpo do teu Filho. Eu te agradeço porque tu cuidas de todas as minhas necessidades, especialmente minha necessidade por perdão através de Jesus, meu Salvador. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 23.50-56 – Compartilhe #HoraLuterana

13 abril 2017

Uma morte miraculosa

“Aí Jesus gritou bem alto: — Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito!” (Lc 23.46). Jesus quer que todos ouçam que a paz com Deus foi conquistada para todos. Após o grito, Jesus morre. O oficial do exército romano sabe que criminosos crucificados não morrem assim. Os pulmões deles se enchem lentamente com fluidos, e seus últimos momentos são suspiros desesperados por ar. Não há como Jesus ter sido capaz de dar um grito forte logo antes de morrer. Pensando na escuridão não natural, na maneira não natural de Jesus morrer, e em todas as injustiças que Jesus sofreu, ele diz: “De fato, este homem era inocente!” O justo morre por nós, injustos.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, quando tu completaste tua jornada terrena, entregaste o teu espírito nas mãos do teu Pai. Dá-me a certeza de que estou seguro em tuas mãos agora e para sempre. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 23.44-49 – Compartilhe #HoraLuterana

12 abril 2017

Lembre de mim

O criminoso, crucificado ao lado de Jesus, “disse: — Jesus, lembre de mim quando o senhor vier como Rei!” (Lc 23.42). Este criminoso olha além da coroa de espinhos, do sangue, do suor e das lágrimas, e vê o Messias de Deus, o Rei prometido. E pede que Jesus lembre dele no Dia do Juízo e que não o deixe de fora do seu Reino por causa de sua vida de pecado. “Hoje você estará comigo no paraíso”, diz Jesus. Uma lembrança para nós de como a graça de Jesus é abundante, transformadora, restauradora.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, tu perdoaste um criminoso desprezado e prometeste a ele a vida eterna. Perdoa meus pecados e lembra de mim quando tu vieres em glória. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 23.35-43 – Compartilhe #HoraLuterana

11 abril 2017

Pai, perdoa essa gente

Crucificado, “Jesus disse: — Pai, perdoa esta gente! Eles não sabem o que estão fazendo” (Lc 23.34). Ele não está orando somente pelos soldados romanos, Pôncio Pilatos, Herodes Antipas, os líderes judeus, a guarda do Templo, Pedro e Judas. Ele está orando por todas as pessoas cujos pecados, incluindo os meus e os seus, ele está carregando. Deus, o Pai, não pode ignorar sua ira por nossos pecados ou fingir que eles não aconteceram. A sua santidade exige que os pecadores sejam punidos. Para que o Pai possa nos perdoar, Jesus sabe que ele deve sofrer o tormento do inferno em nosso lugar. Ele pede que seu Pai derrame a sua ira sobre ele, e não sobre nós.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Jesus, tu tomaste sobre ti a nossa culpa e o castigo do Pai. Faze-nos cientes da nossa culpabilidade, para que nos arrependamos e confiemos somente em ti como o nosso salvador. Amém. 

Leia em sua Bíblia Lucas 23.32-34 – Compartilhe #HoraLuterana

10 abril 2017

Chorem por vocês

Enquanto Jesus seguia para a sua execução, “uma grande multidão o seguia. Nela havia algumas mulheres que choravam e se lamentavam por causa dele” (Lc 23.27). Mas Jesus diz que elas deveriam chorar por elas e seus filhos. Em 70 A.D. os romanos cercariam a cidade em um terror lento e sufocante. É uma imagem horrível e vívida do inferno, onde as pessoas irão desejar ser exterminadas rapidamente. Hoje é o tempo para cada um de nós chorar, prantear e procurar o perdão de Deus em Jesus, o Salvador do mundo. Ele oferece o alívio da paz com Deus. 

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Todo-Poderoso Deus, o teu Filho, ao morrer em meu lugar, carregou a minha culpa e meus pecados. Enche meu coração com tristeza e arrependimento por meus pecados, para que eu possa correr a ti por salvação. Eu oro em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Lucas 23.26-31 – Compartilhe #HoraLuterana



09 abril 2017

De volta a Pilatos

“Mas qual foi o crime dele? Não vejo neste homem nada que faça com que ele mereça a pena de morte. Vou mandar que ele seja chicoteado e depois o soltarei”, propõe Pilatos (Lc 23.22). A punição que Pilatos ordena era brutal: os chicotes tinham pedaços de ossos ou chumbo presos às pontas. Mas Pilatos perdeu completamente o controle do julgamento. As vozes da multidão vencem o senso de justiça de Pilatos. Jesus sofre calado, seu sangue começa a ser derramado. Justo, ele toma o lugar de todos os injustos, de cada ser humano, e sofre o nosso castigo. Agora, eu e você não precisamos temer o açoite da condenação.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, ajuda-me a ver que tu estavas em total controle, conquistando minha salvação através da tua inocente paixão e morte. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 23.13-25 – Compartilhe #HoraLuterana

08 abril 2017

Mudança de lugar

“Quando soube que Jesus era da região governada por Herodes, Pilatos o mandou para ele, pois Herodes também estava em Jerusalém naquela ocasião” (Lc 23.7). E Herodes queria ver um milagre. Mas Jesus fica em silêncio. Herodes, então, trata Jesus com desrespeito e zombaria, como se Jesus fosse nada. Mas Jesus é o Senhor do Universo, submetendo-se ao sofrimento por amor a você e eu.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, Pilatos considerou-te inocente mas não te libertou, e Herodes só queria diversão. Dá-me fé para adorar-te em verdade e humildade como meu Salvador, Rei e Senhor. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 9.7-9; 23.5-12 – Compartilhe #HoraLuterana

07 abril 2017

Pôncio Pilatos

Pilatos pergunta diretamente a Jesus: “Você é o rei dos judeus?” Depois do interrogatório, Pilatos se dirige aos líderes judeus e declara seu veredito: “Não encontro nenhum motivo para condenar este homem” (Lc 23.4). E o julgamento deveria ter terminado aqui. Mas, tentando evitar uma revolta da multidão, Pilatos abre mão da justiça pelo bem do seu cargo. E Jesus, o único inocente, padece nas mãos dos injustos, por amor a nós.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, Pilatos estava convicto de tua inocência, mas ele abriu a porta para a injustiça quando deveria ter libertado a ti. Obrigado por estares disposto a sofrer e morrer por mim. Amém. 

Leia em sua Bíblia Lucas 23.1-4 – Compartilhe #HoraLuterana

06 abril 2017

Diante do Conselho Superior

“Diga para nós se você é o Messias” (Lc 22.67), pergunta o Conselho Superior dos judeus a Jesus. Jesus sabe que eles não estão interessados na verdade. Eles só querem encontrar uma acusação contra ele. E, então, ele responde com poder e majestade: “Mas de agora em diante o Filho do Homem se sentará do lado direito do Deus Todo-Poderoso”. Ele é o Messias exaltado das Escrituras, o Filho de Deus e o Filho do Homem, que governa em poder e glória à mão direita do Pai, no céu. Ele é o Deus que será o Juiz no Último Dia.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, apesar das dúvidas e hostilidade dos líderes judeus, tu corajosamente revelaste a eles a verdade. Dá-me fé para crer que tu és o Filho de Deus, que governa à mão direita de Deus. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 22.63-71 – Compartilhe #HoraLuterana

05 abril 2017

A rocha esmigalhada

Após negar pela terceira vez sua amizade com Jesus, Pedro ouviu o galo cantar. “Então o Senhor virou-se e olhou firme para Pedro” (Lc 22.61) enquanto as palavras de negação de Pedro ainda ecoavam. Relembrando-se da predição de Jesus, Pedro sai e chora amargamente. Para Pedro, a culpa e a vergonha devem ter sido terríveis. Mas o olhar de Jesus também é a lembrança de que ele, que sabe tudo, também está perto para oferecer o seu perdão.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, tu olhaste em amor para Pedro, enquanto ele pecava. Olha para mim em meus pecados e leva-me ao arrependimento para que eu possa correr a ti para receber perdão e paz. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 22.54-62 – Compartilhe #HoraLuterana

04 abril 2017

Um golpe duro para a liberdade

“Senhor, devemos atacar essa gente com as nossas espadas?” (Lc 22.49), perguntam os discípulos que veem Jesus cercado pela guarda do Templo. Pedro, então, corta a orelha de um homem. Mas Jesus cura o homem! Este seria o último milagre de Jesus antes de sua morte e ressurreição. Jesus age em favor de um dos inimigos que vieram prendê-lo e o levariam para morrer. Ele é quem pode trazer a cura definitiva: de inimigos, nos faz amigos de Deus. Ainda hoje.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, em todos os tempos, e especialmente no perigo, ajuda-me a colocar-me sob tuas poderosas mãos. Em teu nome. Amém. 

Leia em sua Bíblia Lucas 22.35-38, 47-53 – Compartilhe #HoraLuterana

03 abril 2017

Traído com um beijo

“Mas Jesus disse: — Judas, é com um beijo que você trai o Filho do Homem?” (Lc 22.48). Jesus fala uma última vez com Judas, tentando despertar sua consciência. Esta deve ter sido uma das coisas mais dolorosas para Jesus: a amarga traição de alguém que ele amava e que se voltou contra ele com um simples beijo. Traído por nós, por nossas desconfianças, nossos pecados contra sua vontade, nossa falta de fé, Jesus continua, hoje, oferecendo seu amor e perdão.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, perdoa-me pelas vezes em que eu traio a ti. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 22.47-48 – Compartilhe #HoraLuterana

02 abril 2017

Diante do cálice

No monte das Oliveiras, “cheio de uma grande aflição, Jesus orava com mais força ainda” (Lc 22.44). Jesus instruíra seus discípulos a que orassem. Ele, então, se afastou deles, se ajoelhou e orou: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice de sofrimento!” Este cálice é a ira furiosa de Deus por todos os nossos pecados. Engolir todo esse castigo será amargo e mortal. Mas Jesus se submete ao desígnio do seu Pai: “Porém que não seja feito o que eu quero, mas o que tu queres.” Por você, por nós.

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, dá-me a graça e força para orar a ti nas horas escuras da minha vida, pois o meu espírito está disposto, mas minha carne é fraca. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 22.39-46 – Compartilhe #HoraLuterana

01 abril 2017

Uma pedra em ruínas

Jesus fala com Pedro, cujo nome significa “pedra”. Mas Jesus o chama de “Simão”, para mostrar a sua preocupação. Nas próximas horas, a fé de Pedro seria duramente provada. E ele negaria Jesus. Mas Jesus faz uma profecia corajosa e consoladora: “Quando você voltar para mim, anime os seus irmãos” (Lc 21.32). O orgulho e autoconfiança de Pedro serão esmagados e peneirados como trigo, mas o Espírito Santo irá proteger sua fé. Nós também falhamos, e Jesus também estende a nós sua proteção, seu perdão e recomeço. 

Essa mensagem faz parte da série de mensagens de quaresma chamada “Da manjedoura ao túmulo vazio”. Ouça a mensagem completa aqui.

Oração: Senhor Jesus, às vezes, como Pedro, eu sou muito confiante em minha própria força e habilidades. Perdoa meus pecados e enche-me com teu Santo Espírito. Amém.

Leia em sua Bíblia Lucas 22.31-34 – Compartilhe #HoraLuterana