09 fevereiro 2009

Falar mal e julgar o outro

Um sábio disse certa vez que há três coisas que não têm mais volta: a oportunidade perdida, a pedra atirada e a palavra falada. Surpreende, impressiona e assusta a facilidade e a naturalidade com que as pessoas julgam e falam mal umas das outras. Esquecemo-nos facilmente do mandamento divino que diz: “Não dê falso testemunho contra ninguém”. O julgamento cabe a Deus, pois uma pessoa que tem o amor de Jesus em seu coração perdoa o próximo, enaltece as qualidades alheias e procura enxergar e ressaltar as coisas boas que o outro faz. Jesus, ao morrer na cruz, deixou para trás todas as nossas maldades e pecados. Ele nos amou do jeito que somos, com todos os nossos defeitos. É esse amor que nos faz olhar para os outros com bons olhos e bom coração.

Oremos: Perdoa-me, ó Deus, quando falei mal ou julguei meu semelhante. Lembra-me de teu grande amor por mim, em Cristo. Amém.

Um comentário:

Anônimo disse...

Adorei a mensagem, muito proveitosa para colocarmos em prática em nosso dia-a-dia. Falar do amor de Jesus é sempre bom, acalma o coração.

Ocorreu um erro neste gadget