18 junho 2019

Alegria completa

Não é bom ganhar algo que pedimos? É ótimo! “Até agora vocês não pediram nada em meu nome; peçam e receberão para que a alegria de vocês seja completa” (Jo 16.24), disse Jesus aos discípulos. Receber o que pedimos realmente é bom, mas a alegria só é completa quando o que pedimos tem a bênção de Deus, quando ele nos dá o que realmente precisamos. Afinal, o vazio, a angústia existencial, não pode ser preenchido com coisas que se acabam aqui. Com Jesus recebemos paz e vida, eternas. Recebemos a amizade de Deus. Presentes que não gastam, e que, por isso, nos dão alegria completa.

Vamos conversar mais sobre isso? Acesse, hoje, quarta-feira, às 19h, www.facebook.com/horaluterana e participe ao vivo do programa O Caminho. 

Oração: Pai, dá-me sempre a alegria que vem da comunhão contigo. Por Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia João 16.23-33 – Compartilhe #HoraLuterana


17 junho 2019

Placar impossível

Nos esportes sempre há chance, por menor que seja, de uma equipe considerada mais “fraca” vencer outra mais “forte”. E assim, vitórias ou derrotas consideradas “impossíveis”, podem acontecer. Diante da lei de Deus não há possibilidade de vencermos. Ela é santa, justa e boa. E nós, pecadores. Então, quem pode se salvar? Jesus responde: “Para os seres humanos isso não é possível; mas, para Deus, é. Pois, para Deus, tudo é possível” (Mc 10.27). E como Deus fez nossa vitória possível? Jesus cumpriu toda a lei e, mesmo assim, foi castigado – em nosso lugar! Agora, quem nele confia, tem paz com Deus. Contra todas as probabilidades, Jesus torna a vitória possível!

Oração: Salvador Jesus, obrigado por mudares o placar em minha vida, dando-me, gratuitamente a vitória. Em teu nome. Amém. 

Leia em sua Bíblia Marcos 10.23-27 – Compartilhe #HoraLuterana

16 junho 2019

Ateísmo, pessimismo e realidade

“Os tolos pensam assim: ‘Para mim, Deus não tem importância.’ Todos são corruptos e as coisas que eles fazem são nojentas; não há uma só pessoa que faça o bem” (Sl 14.1). O salmista mostra a realidade nada bonita de que todos, os que creem e os que não creem em Deus, são corruptos, que todos nós não conseguimos fazer o que é justo. Não, não é pessimismo. É a realidade com a qual nos deparamos diariamente, traduzida em desamor, violência, desprezo pelo sofredor, orgulho preconceituoso e o peso da culpa. E isso faz com que o amor de Deus fique ainda mais impressionante! Afinal, ele nos ama tanto que enviou Jesus para nos dar perdão. Se você acha que não há Deus ou que ele não tem importância, ainda assim você é amado por ele! Loucura, não é? Pois Deus vai continuar nos buscando, nos chamando para perto dele, o justo e santo que nos faz o supremo bem.

Oração: Deus, transforma o meu coração descrente e dá-me a alegria de ver quem tu és e de confiar em ti. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 14 – Compartilhe #HoraLuterana

Ajude-nos a continuar proclamando o Deus da salvação: baixe o aplicativo Cinco Minutos com Jesus e faça a sua assinatura. 

15 junho 2019

Aflição, medo e a paz

Jesus, pouco antes de ser preso e condenado, disse aos discípulos: “Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo” (Jo 14.27). A paz que Jesus oferece não esconde as dificuldades desta vida. É a paz de saber que o próprio Deus, o Auxiliador, nos ensina e nos lembra das promessas de Jesus, do seu amor e perdão. Paz que mostra uma outra realidade, maior e melhor do que a construída pelos homens, passageira e frágil: a realidade do Reino de Deus, onde não há aflição e nem medo.

Oração: Senhor Jesus, obrigado pela tua paz. Que ela me livre do desespero diante das tragédias e injustiças humanas, e me guie em minhas decisões e ações. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia João 14.23-31 - Compartilhe #HoraLuterana





14 junho 2019

Escapando da morte

Há uma frase popular, não bíblica, que diz: “Só há uma certeza na vida: a morte.” Será mesmo? “Mas Deus ressuscitou Jesus, livrando-o do poder da morte, porque não era possível que a morte o dominasse” (At 2.24). Com Jesus e sua obra, a morte perde a sua força. Afinal, ela foi derrotada, e quem confia em Jesus Cristo recebe a vida eterna e vive sob a promessa da ressurreição, de um novo tempo, sem morte.

Oração: Salvador Jesus, mesmo que ainda eu me assuste com a morte, confiando em ti, viverei. Que eu viva sempre na certeza do teu retorno. Vem, Senhor Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Atos 2.14-36 – Compartilhe #HoraLuterana

13 junho 2019

Greves

Em dias de greve os ânimos podem ficar exaltados. Afinal, raramente as posições políticas são unânimes em uma democracia. Na cidade, em dias em que leis são discutidas e protestos são realizados, o recado de Jesus continua valendo: “Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês; pois isso é o que querem dizer a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas” (Mt 7.12). Sob a sabedoria do Espírito de Deus conseguiremos respeitar o outro mesmo que tenhamos opiniões diferentes. Assim, em respeito, teremos ainda mais oportunidades de viver e proclamar o amor de Jesus por todos.

Oração: Senhor Deus, que hoje seja um dia de paz e respeito entre as pessoas em nosso país. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Mateus 7.7-12 – Compartilhe #HoraLuterana

12 junho 2019

Não a minha justiça

Nos dias de frustração com as injustiças que presenciamos, é fácil esquecermos de que há uma justiça da qual ninguém escapa ou escapará: a justiça de Deus. E em nossas raivas incontidas, podemos até mesmo esquecer de que todos estarão diante de Deus. Neste dia, haverá punição ou redenção. Iremos para o céu ou para o inferno. Neste dia, a nossa justiça não servirá, e nem mesmo as nossas tentativas mais árduas de fazer o que é certo esconderão as quedas, a falta de amor, o desprezo pela vontade de Deus durante a nossa caminhada aqui. Mas, neste dia, Jesus estará ao nosso lado, com a justiça dele, perfeita. E, pela fé nele, estaremos cobertos pelo seu manto de justiça, salvos, redimidos. E, em alegria sem fim, diremos com o salmista: “Eu, porém, agradecerei a Deus a sua justiça e cantarei louvores ao Senhor, o Deus Altíssimo” (Sl 7.17).

Oração: Senhor Deus, tu és um Deus justo. Eu sou pecador, injusto e mereço a condenação. Por isso, cobre-me com o manto da justiça de Jesus, que pagou pela culpa dos meus pecados. Em nome dele eu peço. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 7 – Compartilhe #HoraLuterana