13 agosto 2018

Sono

Há momentos em que o sono parece nos dominar. Na escola, no escritório, em frente ao computador, os olhos insistem em fechar e é quase impossível dominar a cabeça que, pesada, insiste em cair, desequilibrada. Então lutamos para permanecer acordados: tomamos café ou água, caminhamos, desviamos o olhar para outro lugar. E o sono espiritual? E quando nosso coração e a nossa mente parecem fechar os olhos da fé, insistindo em fazer a desesperança crescer, e a desconfiança em Deus e a maldade serem tratadas como coisas boas? Esse sono nos persegue para que estejamos dormindo quando Jesus voltar. O que fazer? “Chegou a hora de vocês acordarem, pois o momento de sermos salvos está mais perto agora do que quando começamos a crer. A noite está terminando, e o dia vem chegando. Por isso paremos de fazer o que pertence à escuridão e peguemos as armas espirituais para lutar na luz” (Rm 13.11-12). Não caia no sono! Ouça o que Jesus diz e viva sob o amor do Deus.

Oração: Jesus, tira-me do sono espiritual. Faze-me acordar para a vida. Amém.

Leia em sua Bíblia Romanos 13.11-14 – Compartilhe #HoraLuterana

12 agosto 2018

Para matar a fome

Milagres, bênçãos, curas. Uma multidão seguia Jesus somente para conseguir vantagens para o tempo dessa vida. Mas Jesus, apesar de poder multiplicar pães e peixes, está preocupado com a vida completa, a amizade com o Criador, com a não condenação do ser humano. “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim nunca mais terá fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede” (Jo 6.35), disse ele. O pão multiplicado, o salário aumentado, as contas pagas, as curas miraculosas não podem matar a fome e a sede da existência. Jesus pode. Coma desse pão e sacie-se!

Oração: Senhor Jesus, pão da vida, perdoa-me se busco o teu auxílio somente para as coisas deste mundo. Obrigado por cuidares de mim, especialmente por me dares a vida eterna. Amém.

Leia em sua Bíblia João 6.25-35 – Compartilhe #HoraLuterana 

11 agosto 2018

De filho para pai

Obrigado, pai. Obrigado por ser instrumento de Deus para que a minha vida tenha sentido. Obrigado por ensinar o valor real das coisas, por amar minha mãe, por respeitar meus irmãos, por dar-me a mão nas tantas vezes que tropecei. Pai, obrigado por não esconder sua imperfeição e presentear-me com a realidade do perdão. E antes de tudo, obrigado por me mostrar a vida, Jesus Cristo, do seu jeito, levando-me à igreja, orando comigo, timidamente ou corajosamente testemunhando a sua fé. E, pai, se você falhou em algumas dessas coisas e sente culpa, Deus Pai me ensinou que “o amor perdão cobre multidão de pecados” (1Pe 4.8). E eu amo você, pai, e hoje declaro: “Obrigado, Pai do céu, por meu pai.” 

Oração: Pai eterno, obrigado pelos pais. Que sejam amados, perdoados, convertidos e abraçados no dia de hoje. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia 1 Pedro 4.7-8 – Compartilhe #HoraLuterana

Assista a declaração de alguns filhos aos seus pais em 

10 agosto 2018

Não tenho ninguém

“Não tenho ninguém...” (Jo 5.7a) Lutando por cura, mudança, novas possibilidades, você sente-se sozinho. Não há quem possa ajudar, quem possa entender, quem possa fazer você andar? Está sozinho? Para outra pessoa que pensava que não tinha ninguém, Jesus disse: “Levante-se”. É mais que uma ordem, é o auxílio, o caminho, a verdade, a vida sendo apresentada. Sua palavra move montanhas, acalma o mar, sossega o aflito, traz repouso ao ansioso, a cura ao doente. Não, você não está sozinho. 

Oração: Salvador Jesus, nas horas mais difíceis, em que me sinto sem ninguém, faze-me ouvir novamente a tua voz e a vida que a tua palavra me oferece. Amém.

Leia em sua Bíblia João 5.1-9 - Compartilhe #HoraLuterana

Ouça essa mensagem em nosso site www.horaluterana.org.br

09 agosto 2018

Quando quero morrer

Perseguido, sentindo-se sozinho, com medo e fugindo, “[Elias] sentou-se na sombra de uma árvore e teve vontade de morrer. Então orou assim: — Já chega, ó Senhor Deus! Acaba agora com a minha vida! Eu sou um fracasso, como foram os meus antepassados” (1Rs 19.4). E Deus, agindo através de anjos, reconduziu Elias, falou com ele, mostrou que Ele está no controle – mesmo que às vezes não percebamos.
Diante das pressões, decepções, dificuldades, entregue o seu caminho ao Senhor, confie nele e o mais ele fará (Sl 37.5). Jesus, a fonte da água viva, saciará sua sede e lhe dará alívio, descanso verdadeiro.

Oração: Amado Pai, dá-me novamente a alegria da tua salvação para que eu veja a beleza da vida que vem de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia 1 Reis 19 – Compartilhe #HoraLuterana

08 agosto 2018

Castelo forte

Nossos sentimentos podem nos enganar. Medo, raiva, frustração, nervosismo são alguns dos sentimentos que podem nos fazer julgar mal, tomar decisões erradas e até mesmo duvidar da presença de Deus e do seu amparo. O salmista confessou isto: “Fiquei com medo e pensei que ele (Deus) havia me expulsado da sua presença” (Sl 31.22). Em um momento, tudo o que Deus já havia feito por ele parecia não valer mais nada. Porém, a mesma pessoa, amedrontada, enfrentando inimigos, tristeza, sendo alvo de injustiças, também exclama: “Tu és a minha rocha e a minha fortaleza”. Portanto, duramente os momentos difíceis da sua vida, mesmo que os seus sentimentos façam com que você se pergunte se Deus realmente está presente, ponha a sua esperança em Deus e espere: ele ouve e é fortaleza para defender você.

Oração: Jesus, peço que meus sentimentos não me ceguem para a realidade de que tu me ouves, ofereces perdão e socorro nas aflições. Sê o meu castelo forte. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 31 - Compartilhe #HoraLuterana

07 agosto 2018

No fundo do poço

Você tem andado triste demais ultimamente, como se a vida perdesse seu brilho? O interesse pelas coisas e pelas pessoas parece cada vez menor e até tarefas simples parecem difíceis demais?
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2020 a imensa maioria dos habitantes do nosso planeta vai sofrer de stress, ansiedade ou depressão.
Talvez você já esteja sofrendo com isso e precisando de ajuda: um profissional da área da saúde, um conselheiro, uma mão estendida. Da parte de Deus temos uma certeza: “Não fiquem com medo pois estou com vocês... eu os ajudo” (Isaías 41.10)
Vamos conversar um pouco mais sobre a Depressão? Participe ao vivo, hoje, quarta feira, as 19h, em www.facebook.com/horaluterana do programa O CAMINHO. Convide seus amigos! 


Oração: Senhor Deus, Pai querido, em muitos momentos minha vida tem estado cinza e encontro-me estressado, ansioso, deprimido e sem forças... no fundo do poço. Estende a tua mão e ajuda-me a levantar e a prosseguir, na certeza do teu perdão e companhia. Em nome de Jesus. Amém.


Leia em sua Bíblia Isaías 41.10 e 41.13 - Compartilhe #HoraLuterana 
divulgue e acesse www.vivenciar.net

06 agosto 2018

Quando a vida começa

Quando a vida começa? Quando sou reconhecido como ser único e amado? Ao chamar o profeta Jeremias, Deus lhe diz: “Antes de formá-lo no ventre materno, eu já o conhecia” (Jr 1.5). O salmista também reconhece: “Tu viste quando os meus ossos estavam sendo feitos, quando eu estava sendo formado na barriga da minha mãe, crescendo ali em segredo, tu me viste antes de eu ter nascido” (Sl 139.15-16). Vistos e reconhecidos por Deus, nossos dias estão em suas mãos. Amados pelo Criador, mesmo enfrentando dificuldades e rejeições, recebemos a vida das suas mãos. Vida tão preciosa que o próprio Criador enviou seu próprio filho Jesus para que vivamos com ele eternamente.

Oração: Pai, ajuda-nos a cuidar de todas as pessoas para que sejam lembradas da vida que tu nos dás por meio de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 139.13-16 – Compartilhe #HoraLuterana

05 agosto 2018

O que Deus quer de nós

O profeta Miqueias perguntou-se que tipo de sacrifício ele deveria levar a Deus. Milhares de carneiros? O filho mais velho como sacrifício pelos pecados e maldades? Não. “O Senhor já nos mostrou o que é bom, ele já disse que exige de nós. O que ele quer é que façamos o que é direito, que amemos uns aos outros com dedicação e que vivamos em humilde obediência ao nosso Deus” (Mq 6.8). E por que faríamos isso? Porque Deus é o Deus que salva. Salvou o povo hebreu da escravidão e salva a todos através de Jesus. Ele nos diz: “Não esqueçam nunca as vitórias que eu, o Senhor, consegui” (Mq 6.5). Em Jesus, Deus nos oferece a vitória sobre a morte, uma nova vida. E seu Espírito Santo muda nosso coração, nos fazendo adoradores do Deus verdadeiro também na busca pela justiça, no amor às pessoas e na obediência a ele.


Oração: Senhor, meu Deus e Salvador, transforma diariamente o meu coração para que eu faça o que tu queres de mim. Obrigado por me dares a vitória. Obrigado por teu amor. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Miqueias 6.1-8 – Compartilhe #HoraLuterana

04 agosto 2018

Suporte e união com amor

“Sejam sempre humildes, bem-educados e pacientes, suportando uns aos outros com amor” (Ef 4.2), disse o apóstolo Paulo aos cristãos. Na nova vida em Jesus, os dons recebidos dele nos levam a servir os outros, com amor. Não como obrigação ou moeda de troca com Deus, para tentar ganhar o céu, mas justamente porque fomos servidos por Jesus com o perdão e a vida eterna. No amor de Jesus, damos suporte uns aos outros, somos pacientes e delicados mesmo com quem não concordamos, e lutamos pela unidade do corpo de Cristo, sua Igreja, da qual Cristo é a cabeça: “É ele quem faz com que o corpo todo fique bem ajustado e todas as partes fiquem ligadas entre si por meio da união de todas elas. E, assim, cada parte funciona bem, e o corpo todo cresce e se desenvolve por meio do amor” (Ef 4.16).


Oração: Jesus, ajuda-me a usar com amor os dons que recebi de ti. Que a tua Igreja viva em união, testemunhando a tua salvação. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Efésios 4.1-16 – Compartilhe #HoraLuterana

03 agosto 2018

Quando tudo vai mal

Quando temos uma dor ou uma doença, queremos alívio, precisamos de um tratamento honesto, um cuidado sem hipocrisia. Deus sabe disso e reclamou dos líderes religiosos: “Eles tratam dos ferimentos do meu povo como se fossem coisa sem importância. E dizem: ‘Vai tudo bem’, quando na verdade tudo vai mal” (Jr 8.11). Quando tudo vai mal? Quando Deus mesmo é esquecido, quando as feridas não são tratadas, quando endurecemos o coração e achamos que arrependimento é coisa para os fracos, quando nos afastamos da fonte da paz. E Jesus nos chama de volta: “Os que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. Eu vim para chamar os pecadores e não os bons” (Mc 2.17). Quando tudo vai mal, seja tratado pelo médico salvador: Jesus.

Oração: Jesus, perdoa-me se, em meu orgulho, deixo as coisas ainda piores por não me arrepender. Obrigado por quereres tratar minhas feridas, pecados e dores. Amém.

Leia em sua Bíblia Jeremias 8.4-12 - Compartilhe #HoraLuterana

Você pode ouvir a mensagem de hoje em www.horaluterana.org.br

02 agosto 2018

Melhor do que gourmet

Feijoada, churrasco, macarronada, pizza. Bife, arroz, feijão e batata frita. Camarão, moqueca, lagosta, caviar. Uma salada bem colorida. Só de pensar já começamos a salivar e o estômago começa a “roncar”. Afinal, quem não gosta de um prato bem preparado? Nada melhor do que comer algo saboroso e que satisfaça a fome, unindo prazer e necessidade. Deus também “mata” a nossa fome. Ele nos dá seu amor e a vida eterna por meio de Jesus. Alimentados e satisfeitos, descansamos felizes e em paz. E, com o salmista, agradecemos ao Chef Eterno: “As tuas bênçãos são como alimentos gostosos; elas me satisfazem, e por isso canto alegremente canções de louvor a ti” (Sl 63.5).

Oração: Senhor Deus, obrigado por tuas bênçãos em minha vida. Alimenta os que, hoje, estão com fome da tua justiça e com sede de ti. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 63 – Compartilhe #HoraLuterana

Obrigado por informar a fonte das Mensagens de Esperança. Dessa maneira, caso uma pessoa seja tocada pela Palavra de Deus, ela poderá entrar em contato conosco e receber o endereço de uma igreja próxima, ou mesmo mais material cristão.

01 agosto 2018

Reclamações e o pão nosso

É fácil reclamar. E há reclamações justas, como quando algo que compramos veio com defeito e procuramos o vendedor para trocar a mercadoria. Mas há reclamações que beiram a insensatez. Libertados da escravidão, os israelitas reclamaram contra Moisés e Arão, os líderes da libertação: “Teria sido melhor que o Senhor tivesse nos matado no Egito! Lá, nós podíamos pelo menos nos sentar e comer carne e outras comidas à vontade. Vocês nos trouxeram para este deserto a fim de matar de fome toda esta multidão” (Êx 16.3). Paciente, Deus diz: “Eu tenho ouvido as reclamações dos israelitas”, e dá ao povo pão (maná) e carne, à vontade. Quem de nós nunca reclamou de Deus? Insatisfeitos por natureza, murmuramos, reclamamos, mesmo que haja milhões de outras pessoas com problemas muito mais graves. Deus nos ouve. Paciente, ele escuta as nossas reclamações. E a cada dia ele nos dá força para enfrentarmos o deserto. Ele nos dá o alimento para saciarmos nossa fome. E, acima de tudo, ele nos faz relembrar a sua promessa de que ele não nos abandona, de que seu Filho Jesus nos garante vida, mesmo que o deserto pareça impossível de ser atravessado. 

Oração: Pai, perdoa-me por minha impaciência. Diante das dores e insatisfações, fecho os meus olhos para o que tens feito a cada dia. Perdoa-me. O pão nosso de cada dia nos dá hoje. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Êxodo 16.2-15 – Compartilhe #HoraLuterana

31 julho 2018

Os planos de Deus onde estou

Antes de ler a mensagem, pense na possibilidade de apoiar o trabalho da Hora Luterana. A sua parceira, com orações e com ofertas, pode nos auxiliar a manter nossos projetos, como as Mensagens de Esperança. Acesse www.horaluterana.org.br/projetos e seja nosso parceiro.

Não há nada de errado em pedir a Deus que abençoe os nossos planos. Mas, com o apóstolo Paulo, aprendemos também a pedir que Deus abençoe os planos dele para a minha vida. Pedir a ele para que, onde eu estiver, ele use os meus dons, os meus bens e a minha vida e, assim, outras pessoas conheçam o que Jesus fez por nós. Por isso, hoje, revise os seus planos e coloque-os sob o plano de Deus para a sua vida. No fim, mesmo que os nossos planos não prosperem, não perderemos a paz e diremos com o apóstolo Paulo: “Aprendi a estar satisfeito com o que tenho” (Fp 4.11).

Vamos conversar mais sobre isso? Participe ao vivo, hoje, quarta-feira, às 19h, em www.facebook.com/horaluterana do Programa O Caminho.

Oração: Pai, ajuda-me a ver como posso servir-te hoje, onde estou, para que o teu amor chegue a mais pessoas. Ensina-me, a partir da tua paz, a estar contente. Por Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Filipenses 4.10-23 – Compartilhe #HoraLuterana

30 julho 2018

Preciso crescer

Quando a maldade consegue tirar a minha paz, lembro-me de que preciso crescer. Quando a tentação não é vencida, e eu repito os mesmos erros, preciso voltar a crescer. Quando a dor da injustiça faz a raiva me dominar, preciso crescer. Quando a minha falta de fé se reflete em escolha imorais, preciso crescer. Quando minha impaciência resulta em falta de cuidado com o outro, preciso crescer. Quando não consigo mais olhar o futuro com esperança, reconheço que crescer é preciso, sempre. “Continuem a crescer na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2Pe 3.18).

Oração: Pai, dá-me ânimo hoje para que eu ouça a tua palavra e cresça. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia 2 Pedro 3.14-18 – Compartilhe #HoraLuterana

29 julho 2018

Frustrações e a chuva

“Quem promete e não dá é como a nuvem e o vento que não trazem chuva” (Pv 25.14). Em tempo de estiagem, olhamos para o céu torcendo para que as nuvens tragam água e aliviem calor e seca. E ao chegar o fim do dia, se a chuva não cai, ficamos frustrados e preocupados. Afinal, quando virá a chuva? Muito mais frustrante é esperar por algo prometido e não receber: a fidelidade no casamento, o pagamento no fim do mês, a amizade que seria “eterna”, o carinho em um momento de aflição, a nota justa no boletim. Deus, ao contrário, nunca nos frustra. Ao enviar Jesus Cristo ao mundo, Deus cumpriu a sua promessa. Ele saciou a nossa sede de vida, regou com a sua Palavra o nosso coração, e aliviou a nossa existência. Quem confia em Jesus, recebe vida eterna. Ele a promete, e a dá.

Oração: Salvador Jesus, inunda o meu coração com o teu perdão e que eu jorre a tua água da vida para mais pessoas. Amém.

Leia em sua Bíblia Provérbios 25.1-14 - Compartilhe #HoraLuterana



28 julho 2018

De joelhos, sem milho

Antigamente alguns filhos eram punidos tendo de ficar ajoelhados em cima de grãos de milho. O apóstolo Paulo disse aos Efésios: “Eu me ajoelho diante do Pai” (Ef 3.14). Ele não estava punindo a si mesmo. Ao contrário, ao ajoelhar-se, Paulo colocava-se em oração humilde diante do Salvador Jesus. E por que ele orava? “Oro para que vocês tenham raízes e alicerces no amor, para que assim, junto com todo o povo de Deus, vocês possam compreender o amor de Cristo em toda a sua largura, comprimento, altura e profundidade” (Ef 3.17-18). Ao ajoelhar-se, Paulo lembra de que, ao invés de nos punir por nossos pecados, Jesus assumiu o nosso castigo. Um amor enorme, e fundamental. Ajoelhe-se também: o Pai, amoroso, estará ouvindo.

Oração: Pai, oro por todos os que esqueceram do teu amor. Ajuda-os a voltar para a tua casa. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Efésios 3.14-21 – Compartilhe #HoraLuterana

27 julho 2018

Vida realista

Há um texto do livro de Eclesiastes que diz: “Viva alegre durante todos os anos da sua vida. Mas, mesmo que você viva muitos anos, lembre que ficará morto durante muito mais tempo. Tudo o que acontece é ilusão” (Ec 11.8). Apesar de ser uma linguagem áspera, ao lermos tais palavras balançamos a cabeça, concordando. E o autor conclui seu livro dizendo: “Tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados.” De onde vim? Para onde vou? Viver a vida em comunhão com Deus, em Jesus, é a resposta para todas as perguntas existenciais. 

Oração: Criador do mundo, abre os meus olhos para a realidade da vida e para a alegria da amizade contigo por meio de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Eclesiastes 11.8 e 12.13-14 – Compartilhe #HoraLuterana

26 julho 2018

Silicone e satisfação

O silicone é muito interessante quimicamente. É misto de material orgânico e inorgânico! E o ser humano? O ser humano é um misto alegria e tristeza, de satisfação e insatisfações. E utiliza o silicone de várias maneiras. Mas o ser humano, formado por um Criador, toma decisões, diferentemente do silicone. O ser humano quer viver. E ser feliz. Longe da perfeição, ele luta para encontrar satisfação, com ou sem silicone. E o Criador do ser humano e de cada átomo no universo sabe que só há um jeito de nós, seres humanos, estarmos satisfeitos: quando somos trazidos de volta para ele. A vinda de Jesus é o chamado de Deus para voltarmos para casa. Então a esperança de um futuro melhor é real, e a imperfeição, a tristeza e a dor têm hora para acabar. Em Jesus, temos o que nenhum material, pessoas, dinheiro, tratamento de saúde ou governos podem nos dar: satisfação e paz, para sempre. “Eu confio no teu amor. O meu coração ficará alegre, pois tu me salvarás” (Sl 13.5). 

Oração: Pai, alegra o meu coração quando as imperfeições minhas e do mundo quiserem me afastar de ti. Por Jesus eu peço. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 13 – Compartilhe #HoraLuterana

25 julho 2018

O arco-íris

O arco-íris nos encanta. Afinal, ele é mais do que uma simples descrição de um fenômeno ótico causado pela refração da luz do sol nas gotas de chuva. Ele é intrigantemente belo com suas cores e forma. Não é à toa que muitos movimentos assumem o arco-íris como símbolo. Mas há milhares de anos, depois de castigar a humanidade pecadora por meio de um dilúvio, Deus já havia dito: “O arco-íris será o sinal da aliança que estou fazendo com o mundo. Quando eu cobrir de nuvens o céu e aparecer o arco-íris, então eu lembrarei da aliança que fiz com vocês e com todos os animais. E assim não haverá outro dilúvio para destruir todos os seres vivos.” (Gn 9.13-15). Assim, o arco-íris é um sinal divino. Ele nos lembra que há um Deus justo e que deve ser temido. Mas também que ele é um Deus misericordioso, que sabe que o ser humano continua pecando e que nunca conseguiríamos nos livrar do castigo, e, por isso, enviou Jesus para nos oferecer a paz do perdão. Assim, ao olhar para o arco-íris, lembre-se de Deus e do amor verdadeiro, eterno, que ele oferece.

Oração: Pai, obrigado por tua paciência e amor. E, especialmente, pelo perdão que nos dás por meio de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Gênesis 9.8-17 – Compartilhe #HoraLuterana

24 julho 2018

Ensino

Aprendemos durante toda a vida. Desde as primeiras palavras, balbuciadas antes de caminharmos, até o momento da morte, coletamos informações, aumentamos o conhecimento sobre muitas coisas e sobre a vida. Diante da grandeza de Deus, aprendemos o tempo todo também. Afinal, ele sabe todas as coisas. E com o salmista, pedimos: “Ó Senhor Deus, ensina-me o que queres que eu faça, e eu te obedecerei fielmente! Ensina-me a te servir com toda a devoção” (Sl 86.11). Ouça hoje a Palavra de Deus e aprenda, relembre, memorize: Deus ama você. Aprenda a cada novo dia sobre como o amor de Deus em Jesus nos traz a verdade da vida. E aprenda a viver de verdade. 

Oração: Senhor, ensina-me cada vez mais sobre quem tu és, sobre a tua vontade amorosa e sobre como eu posso viver uma vida dedicada a ti. Em Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 86 – Compartilhe #HoraLuterana

23 julho 2018

Sem recursos

Em meio aos seus sofrimentos, Jó sente-se incapaz e sem recursos em si mesmo para enfrentar a dor e o luto. Ele confessa: “Não sou capaz de me ajudar a mim mesmo, e não há ninguém que me socorra” (Jó 6.13). Ele estava certo. Nossos recursos acabam, ficamos fracos e, sem dúvida, não podemos enfrentar a morte. E então percebemos o quanto precisamos da ajuda de Deus. E ele, sim, nos socorre. Ele enviou o próprio Filho, Jesus, que sabe como sofremos e tem compaixão de nós. Quando nos damos conta de que não temos mais recursos, Jesus vem até nós oferecendo recomeço com seu amor, poder e paz. 

Oração: Senhor Deus, não sou capaz de ajudar a mim mesmo. Tem piedade de mim e dá-me a paz de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Jó 6.8-13 – Compartilhe #HoraLuterana

22 julho 2018

Delícia

Há muitos tipos de “delícias”. Algumas são doces, outras salgadas, e, para alguns, até azedas e amargas. Há delícias que fazem bem, e há delícias que fazem mal. Há delícias que nos dão um sentimento de alegria que dura por muito tempo, como um belo jantar romântico, e há delícias as quais, logo que as experimentamos e depois do êxtase do prazer momentâneo, nos colocam em depressão, arrependidos de termos exagerado, errado a dose, julgado mal. Antes de fazer algo, ou “entregar-se” às delícias oferecidas, pergunte-se sobre o que virá depois. E faça isso sob o conselho de Deus pois, como disse Jesus: “Felizes as pessoas que têm fome e sede de fazer a vontade de Deus, pois ele as deixará completamente satisfeitas”. Aliás, estar na presença de Deus Pai, Filho e Espírito Santo é uma delícia, uma alegria eterna.

Oração: Jesus, quero aproveitar ao máximo a tua companhia porque junto a ti posso desfrutar das delícias que duram e não trazem culpa. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 16 – Compartilhe #HoraLuterana

21 julho 2018

Faltou o milagre?

Todos já tivemos pedidos negados por Deus: a doença não derrotada, o emprego não conseguido, a depressão recorrente. Certa vez, líderes religiosos pediram a Jesus um milagre para que provasse que seu poder vinha de Deus. “Jesus deu um grande suspiro e disse: - Por que as pessoas de hoje pedem um milagre?” (Mc 8.12). E não os atende. O maior sinal viria: após ser morto por nós, ele ressuscitou no terceiro dia. Mesmo que seus pedidos por milagres não sejam atendidos, olhe para o maior sinal do amor de Deus por você: quem crer em Jesus, terá vida eterna! Eis o milagre!

Oração: Senhor Deus, seja feita a tua vontade. Obrigado porque tua vontade é dar-me vida eterna. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Marcos 8.11-13 - Compartilhe #HoraLuterana

20 julho 2018

No sofrimento

No sofrimento, muitas vezes olhamos para o passado em busca de explicações. No sofrimento, muitas vezes, ansiamos pelo futuro em busca de alívio. No entanto, o poeta bíblico afirma: “No sofrimento, eu fui consolado, porque a tua promessa (Senhor Deus) me deu vida” (Sl 119.50). No sofrimento, olhe para o passado e veja as promessas cumpridas em Jesus. Ele conhece nosso sofrimento, e morreu para nos dar vida. No sofrimento, olhe para o futuro com o coração na promessa da ressurreição e das lágrimas enxugadas por Deus. E seja consolado.

Oração: Senhor Deus, tuas promessas sempre são cumpridas. Que no meu sofrimento o teu Espírito Santo console-me com a lembrança das tuas promessas. Em Jesus tu me deste vida. Amém.

Leia em sua Bíblia Salmo 119.49-56 – Compartilhe #HoraLuterana

19 julho 2018

Até quando esperar?

"Até quando aguentar?” perguntam as pessoas diante da injustiça e da maldade. “Onde está Deus diante da violência?”, gritamos em segredo e buscamos respostas como o profeta Habacuque. Deus responde ao profeta e nos ensina: “O tempo certo vai chegar logo; portanto, espere, ainda que pareça demorar, pois a visão virá no momento exato. A mensagem é esta: Os maus não terão segurança, mas as pessoas corretas viverão por serem fiéis a Deus” (Hc 2.3b-4).
Por mais que as coisas pareçam ruins, espere em Deus. Ele promete que a maldade vai acabar, sim. Continue fiel ao Deus que enviou Jesus para trazer perdão e a certeza da vida plena. Você viverá e verá um mundo totalmente novo, sem violência ou sofrimento.

Oração: Pai, ainda que as figueiras não produzam frutas, e as parreiras não deem uvas; ainda que não haja azeitonas para apanhar nem trigo para colher; ainda que não haja mais ovelhas nos campos nem gado nos currais, mesmo assim eu darei graças ao Senhor e louvarei a ti, o meu Salvador. O Senhor Deus é a minha força. Torna o meu andar firme como o de uma corça e leva-me para as montanhas, onde estarei seguro (Hc 3.17-19). Amém.

Leia em sua Bíblia Habacuque 1.1-4 e 2.1-4 - Compartilhe #HoraLuterana

18 julho 2018

Superação

Geralmente não gostamos que nos digam que precisamos nos arrepender. O orgulho que há em nós luta contra o reconhecimento de nossos pecados e de que precisamos do perdão de Deus. Mas para algumas pessoas, acreditar que Jesus morreu e ressuscitou, é ainda mais difícil. Certa vez, ao pregar arrependimento e a ressurreição, o apóstolo Paulo foi ridicularizado pelos gregos: “Quando ouviram Paulo falar a respeito de ressurreição, alguns zombaram dele, mas outros disseram: - Em outra ocasião queremos ouvir você falar sobre este assunto” (At 17.32). No entanto, mesmo com resistência, algumas pessoas creram em Jesus como o Salvador do mundo. A boa notícia do amor de Deus, a verdade revelada na Bíblia, pode superar nosso orgulho, medo e racionalizações.

Oremos: Senhor Deus, que a notícia da ressurreição de Jesus continue alimentando minha fé e vida. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Atos 17.16-33 - Compartilhe #HoraLuterana

17 julho 2018

Matando quem amamos

“Mate seu filho.” Essa é basicamente a ordem de Deus a Abraão: “Pegue agora Isaque, o seu filho, o seu único filho, a quem você tanto ama, e vá até a terra de Moriá. Ali, na montanha que eu lhe mostrar, queime o seu filho como sacrifício” (Gn 22.2). Como em tantos outros textos bíblicos, acabamos nos perguntando sobre quem é Deus. Seria ele sádico ou maldoso? No fim, Deus evita o sacrifício de Isaque, e reconhece a fé de Abraão. Cerca de dois mil anos depois, o próprio Deus ofereceu seu filho, Jesus, como sacrifício pelos pecados de cada ser humano. Mas ele não o tira da cruz. Jesus morre. Porque nos ama. Mas no terceiro dia, Deus o tira do túmulo, vivo, vitorioso. Sim, Deus nos ama e nem a morte nos separará do seu amor.

Vamos conversar mais sobre isso? Hoje, quarta-feira, às 19h, acesse www.facebook.com/horaluterana e participe ao vivo do Programa O Caminho.

Oração: Pai, não te conhecemos perfeitamente, mas sabemos o quanto nos amas a ponto de dar seu Filho por nós. Obrigado pelo presente da vida eterna por meio de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Gênesis 22.1-19 – Compartilhe #HoraLuterana

16 julho 2018

Não esqueça Deus

Parece estranho, mas ter fartura e parar de sofrer podem nos ajudar a esquecer Deus. Por isso, Moisés, lembrou ao povo de Israel que a riqueza, a fartura, o alimento e a água que receberiam eram frutos do cuidado e do amor de Deus por eles. Ele escreveu: “Tenham o cuidado de não esquecerem Deus” (Dt 6.12). Você está crescendo profissionalmente? Está conseguindo viver com fartura? Tem saúde? Sucesso? Dinheiro? Tenha o cuidado de não esquecer Deus. É ele quem nos dá tudo o que precisamos para viver e ajudar quem precisa. E um dia, toda essa fartura não poderá nos livrar da morte e do Juízo. Nesse dia, o verdadeiro tesouro será o próprio Deus, Jesus Cristo. E esse tesouro nos acompanha por toda a nossa existência. Não esqueça.

Oração: Pai, obrigado por todas as bênçãos materiais. Que elas não me façam esquecer que dependo de ti, Senhor. Amém.

Leia em sua Bíblia Deuteronômio 1.10-15 – Compartilhe #HoraLuterana

14 julho 2018

Ninguém me ouve?

Quantos “nãos” você recebe por dia? Um “não” pode ser importante para vencer um vício, ou para evitar um acidente. Mas um “não” que traga aflição, que sugira menosprezo, que faça você perder a esperança, pode ser difícil de suportar. E você precisará de um lugar seguro, de alguém que ouça você, que conheça profundamente seus medos, defeitos e pecados e, ainda assim, queira ouvir você: Jesus. Fale com ele e, amado pelo Salvador, você também dirá: “Eu louvo a Deus porque ele não deixou de ouvir a minha oração e nunca me negou o seu amor” (Sl 66.20). 

Oração: Deus salvador, obrigado por me ouvires e continuares me amando. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 66.8-20 - Compartilhe #HoraLuterana

13 julho 2018

Graça e carma

Enquanto algumas religiões sustentam a ideia de que é preciso passar por reencarnações para pagar nossas dívidas, Deus oferece a verdadeira solução: seu Filho Jesus Cristo. “Pois, pela morte de Cristo na cruz, nós somos libertados, isto é, os nossos pecados são perdoados. Como é maravilhosa a graça de Deus, que ele nos deu com tanta fartura!” (Ef 1.7-8). Ao contrário da prisão do carma, Deus graciosamente oferece, agora, a liberdade eterna e a ressurreição. 

Oração: Jesus, obrigado por me trazeres a paz com Deus. Que o teu perdão leve a liberdade a mais e mais pessoas. Amém. 

Leia em sua Bíblia Efésios 1.4-8 - Compartilhe #HoraLuterana

12 julho 2018

Sem medo da bondade

“Herodias estava furiosa com João e queria matá-lo. Mas não podia porque Herodes tinha medo dele, pois sabia que ele era um homem bom e dedicado a Deus” (Mc 6.19-20). Mas a bondade e a dedicação de João Batista não o salvaram da morte. E o fim da história de João é sangrento: ele foi morto e a sua cabeça foi apresentada em uma bandeja, como um troféu, durante um banquete. Não, a nossa bondade e dedicação não nos salvarão. Nem da morte, e nem do inferno. Como João Batista, dependemos da bondade encarnada, do único que venceu o mal, que foi perfeito em sua dedicação e que derrotou a própria morte: Jesus. Certo de que Jesus era o Messias, o Salvador da humanidade, João Batista podia arriscar a própria vida para ser bondoso e dedicado. Diante das ameaças, não precisamos ter medo de sermos bondosos e dedicados. Afinal, quem crer em Cristo, ainda que morra, viverá.

Oração: Jesus, dá-me, por causa da tua paz e da vida eterna, coragem para agir com bondade e dedicação mesmo enfrentando a injustiça ou morte. Amém.

Leia em sua Bíblia Marcos 6.14-29 – Compartilhe #HoraLuterana

11 julho 2018

No prumo

Um prumo auxilia o construtor a evitar paredes tortas, nivelando-as e, por isso, estabilizando a construção. Certa vez, Deus disse ao profeta Amós: “Eu vou mostrar que o meu povo não anda direito: é como um muro torto, construído fora de prumo” (Am 7.8). Fora do prumo, estamos instáveis, longe da fonte da correção, da justiça e de tudo o que é direito. Fora do prumo, um dia cairemos. No entanto, com Jesus, Deus nos estabiliza com o seu perdão. Em Jesus, Deus nos faz novas criaturas, e não seremos abalados nem mesmo com a morte. Em Jesus, estamos no prumo.

Oração: Pai, obrigado por nos colocares na tua construção, no teu Reino, por meio da obra de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Amós 7.7-15 – Compartilhe #HoraLuterana

10 julho 2018

Na saída da caverna

Na saída da caverna, rever a luz deve ter sido emocionante. Na saída da caverna, o medo da morte desapareceu. Na saída da caverna, os planos simples, como ajudar mais a mãe nas tarefas domésticas, são finalmente possíveis. Na saída da caverna, a tensão, o terror, e o desespero se desfazem. A culpa fica em segundo plano, o descuido é perdoado, o castigo impensável. E viver é o que queremos, é o que esperávamos à saída da caverna.
Mas, não é simplesmente a saída da caverna. É o reencontro, a volta para casa, para onde nos sabemos amados, para os braços de quem quer o melhor para nós, para a alegria da vida. Por isso, quando Jesus conta sobre o filho perdido que volta para casa, há a maior festa que um ser humano pode experimentar. A festa do reencontro com o Pai, que de braços abertos nos recebe: "Vamos começar a festejar porque este meu filho estava morto e viveu de novo; estava perdido e foi achado” (Lc 15.23). É a festa da vida, preparada para nós pelo nosso Criador que alegre nos abraça, sujos, enlameados, cheios de culpa, e alivia nossa dor com a festa da vida.

Hoje, quarta-feira, às 19h, temos o programa O Caminho. Acesse www.facebook.com/horaluterana e participe ao vivo! 

Oração: Obrigado, Pai, pela vida eterna. Obrigado por todos os que arriscam a vida para resgatar pessoas em perigo. Obrigado por enviares Jesus para nos resgatar da condenação ao inferno. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Provérbios 13.12-18 - Compartilhe #HoraLuterana

09 julho 2018

Expulsão

Em um jogo de futebol, a expulsão de um jogador geralmente significa que o mesmo foi muito violento ou agiu com deslealdade. E, geralmente, também significa um prejuízo, uma desvantagem e até desânimo para o time que terá um jogador a menos. Em Antioquia, ao falarem que Jesus é o Salvador e que a salvação é para todas as pessoas, o apóstolo Paulo e Barnabé foram expulsos da cidade. Porém isso não desanimou os novos crentes da cidade. A Bíblia diz que “os cristãos de Antioquia continuaram muito alegres e cheios do Espírito Santo.” (At 13.52) As perseguições, exclusões e expulsões que sofremos por causa da fé, são compensadas pela alegria de termos o amor de Deus derramado em nosso coração pelo Espírito Santo. Em Jesus, Deus nos convocou para seu time e ninguém pode nos expulsar da vida eterna.

Oração: Jesus, peço que, nos momentos em que eu me sentir expulso ou excluído por causa da fé em ti, o teu Espírito Santo me encha da alegria eterna. Amém.

Leia em sua Bíblia Atos dos Apóstolos 13.44-52 - Compartilhe #HoraLuterana

08 julho 2018

Uma vitória inquestionável

Uma vitória no futebol enche de alegria todo um povo, especialmente quando o favoritismo está do outro lado. Mas uma vitória no futebol hoje não garante a vitória em todas as futuras partidas e competições, diferentemente da vitória de Jesus Cristo sobre a morte. A sua ressurreição garante vitória eterna aos que creem. O apóstolo Paulo, lembrando a vitória de Jesus, diz que não há condenação para as pessoas que estão unidas com Cristo (Rm 8.1) e que, "se Deus está do nosso lado, quem poderá nos vencer? Ninguém!" (Rm 8.31b). Títulos em esportes mudam de mãos, mas a vida em Cristo nos é garantida eternamente.
"Então quem pode nos separar do amor de Cristo? Serão os sofrimentos, as dificuldades, a perseguição, a fome, a pobreza, o perigo ou a morte?... Em todas essas situações temos a vitória completa por meio daquele que nos amou." (Rm 8.35, 37) Celebre intensamente a vitória!

Oração: Amado Jesus, obrigado pela vitória mais importante para cada ser humano. Amém.

Leia em sua Bíblia Romanos 8 - Compartilhe #HoraLuterana

07 julho 2018

Desilusão, admiração e movimento

Jesus causa admiração e desilusão. Em Nazaré, “muitos que estavam escutando ficaram admirados” (Mc 6.2) com sua sabedoria e poder divinos. Mas ele também é o filho de Maria, tão humano, carpinteiro. “Por isso ficaram desiludidos com ele” (Mc 6.3). Porém Jesus, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, não para. Ele continua em movimento, levando a boa notícia do Reino de Deus. As frágeis opiniões e voláteis sentimentos humanos ele já conhece bem e não o impedem: ele veio para trazer a salvação! Você o admira, ou o rejeita? Saiba que ele continua em movimento, com sua Palavra, para lhe dar vida.

Oração: Jesus, obrigado por continuares tua missão proclamando tua obra na cruz por todas as pessoas. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Marcos 6.1-12 – Compartilhe #HoraLuterana

06 julho 2018

Desprezo

Ninguém gosta de ser desprezado. Talvez você já tenha se sentido desprezado e sabe que o sentimento é muito ruim: tem-se a impressão de que você é menos importante, ou sem importância nenhuma, que suas opiniões não merecem ser ouvidas e, sua vida, é inferior. O desprezo por pessoas é falta de compaixão. Tanto que, desprezado, o salmista ora a Deus: “Tem compaixão de nós, ó Senhor! Tem compaixão, pois somos tratados com muito desprezo” (Sl 123.3). Deus mesmo não nos desprezou e, em compaixão, enviou um salvador: Jesus. Mesmo desprezado, não endureça o seu coração. Vá à fonte: busque a compaixão de Deus e reparta misericórdia.

Oração: Salvador, quando eu for desprezado, que tua compaixão me traga alegria. Não permitas que eu despreze as pessoas mas que eu seja compassivo, em teu amor. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 123 - Compartilhe #HoraLuterana

05 julho 2018

Deus não é indiferente

Você pode até achar que Deus é indiferente quando você duvida dele e zomba dos que creem nele. Você pode até achar que Deus é indiferente quando parece que, diante do sofrimento, ele não se importa com você. Mas Deus não fica indiferente. Ele sabia que o povo de Israel havia se virado contra ele: “Eles ainda são rebeldes, como os antepassados deles também eram. São teimosos e não me respeitam” (Ez 2.3-4). Ele encontra Paulo em seu sofrimento e anuncia: “A minha graça é tudo o que você precisa, pois o meu poder é mais forte quando você está fraco” (2Co 12.9). Não seja você indiferente. Um dia, Jesus julgará os vivos e os mortos. Deus, por não ser indiferente, enviou Jesus para fazer a diferença nos dando a certeza de que a morte foi vencida, de que o castigo foi pago, e de que, com ele, há vida abundante e não condenação. 

Oração: Deus, perdoa-me por minha rebeldia e indiferença. Preciso do teu perdão e amor. Dá-me paz. Amém. 

Leia em sua Bíblia Ezequiel 2.1-5 – Compartilhe #HoraLuterana

04 julho 2018

Estudar nas férias

Que tal estudar durante as férias? Preso, o apóstolo Paulo ouviu o governador Festo dizer-lhe: “Paulo, você está louco! Estudou tanto que acabou perdendo o juízo” (Atos 26.24). Paulo havia acabado de citar os profetas e Moisés: “Eles afirmaram que o Messias precisava morrer e ser o primeiro a ressuscitar, para anunciar a luz da salvação tanto aos judeus como aos não-judeus” (At 26.23). A mensagem de um Messias, um salvador, que é sofredor e que vence a morte, parece mesmo loucura. Jesus é esse Messias! Se você vai entrar em férias, não pare de estudar sobre Jesus. Não, você não ficará louco, mas encontrará sabedoria e a alegria que as férias não podem dar. Aproveite as férias da melhor maneira: estudando e conhecendo cada vez mais o amor de Deus em Jesus!


Oração: Amado Jesus, dá-me ânimo para estudar a tua Palavra todos os dias da minha vida. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Atos 26.19-26 – Compartilhe #HoraLuterana

03 julho 2018

Árbitro de vídeo

Novidade na copa do mundo, o árbitro de vídeo tenta ajudar na decisão, no julgamento de uma penalidade máxima, por exemplo, tentando ser justo. Deus, o juiz de cada ser humano, é muito mais poderoso: além de ver nossas ações, também vê nosso coração, nossas intenções. Por isso o salmista afirmou: “Sabes tudo o que eu faço e, de longe, conheces todos os meus pensamentos” (Sl 139.2). Não podemos fingir ou tentar enganar esse juiz. E concluímos: “Se tu tivesses feito uma lista dos nossos pecados, quem escaparia da condenação?” (Sl 130.3). Felizmente, Deus não é o árbitro de vídeo. Ao invés de nos castigar com penalidades eternas, ele envia o único perfeito e justo, Jesus, para sofrer o nosso castigo, para nos justificar. Assim, no dia do julgamento, estaremos diante de Jesus para ouvirmos a boa notícia: “Venham, vocês que são abençoados pelo meu Pai! Venham e recebam o Reino que o meu Pai preparou para vocês desde a criação do mundo” (Mt 25.34).

Vamos conversar mais sobre isso? Hoje, quarta-feira, às 19h, acesse www.facebook.com/horaluterana e participe do programa O Caminho. 

Oração: Pai, tu conheces meu coração e todos os meus pecados. Perdoa-me, por amor de Jesus. Obrigado por tua misericórdia e por teu amor. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 139.1-5 – Compartilhe #HoraLuterana 

02 julho 2018

Quem não fica pelo caminho

Na Copa do Mundo, muitos dos melhores jogadores não se salvaram das derrotas de suas equipes e já se despediram do torneio. Afinal, não é possível que todos cheguem ao topo, à tão sonhada conquista. E para muitos, com a eliminação, toda a preparação e esforços parecem agora não ter valor. Na vida com Jesus, ao contrário, não há frustração, mesmo que soframos e que, aparentemente, pareçamos derrotados. Jesus disse: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: aquele que, por causa de mim e do evangelho, deixar casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos ou terras receberá muito mais, ainda nesta vida. Receberá cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos, terras e também perseguições. E no futuro receberá a vida eterna. Muitos que agora são os primeiros serão os últimos, e muitos que agora são os últimos serão os primeiros” (Mc 10.29-31). Com Jesus, sempre teremos o prêmio da vida, aqui e no futuro.

Oração: Jesus, obrigado por teu amor. Nas derrotas aqui, que eu não me esqueça de que, contigo, sou mais do que vencedor. Amém.

Leia em sua Bíblia Marcos 10.27-31 – Compartilhe #HoraLuterana

01 julho 2018

Defendendo a Pátria

Beijos na camisa, olhos marejados ouvindo o hino nacional, o olhar emocionado para a bandeira enquanto se recebe a medalha no pódio... Representar toda uma pátria em uma competição é uma alegria e, pode ao mesmo tempo, ser uma responsabilidade muito grande. Na vitória, o orgulho. Na derrota, o sentimento de decepcionar a nação.
Já os que creem em Jesus confessam que são de uma pátria diferente e que representá-la é constantemente uma alegria pois sabem que sempre serão bem recebidos: “Nós somos cidadãos do céu e estamos esperando ansiosamente o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que virá de lá” (Fp 3.20). Fazer parte desta pátria é saber que, seja qual forem os resultados nesta vida, sofrimento ou alegria, quando vier o Rei Jesus, ele trará o prêmio da vida eterna. Seja você também um cidadão do céu e receba o prêmio da vida!

Oração: Rei Jesus, obrigado por dares a tua vida por mim e me fazeres cidadão do céu. Amém.

Leia em sua Bíblia Filipenses 3.17-21 - Compartilhe #HoraLuterana

30 junho 2018

Bullying

A menina estava morta e Jesus disse: “—Ela está dormindo. Então eles começaram a caçoar dele” (Mc 5.40). Vítima de bullying, Jesus mantém seu plano. E ressuscita a menina. “E todos ficaram muito admirados”. Se você sofre com bullying, se se sente discriminado, se é caçoado por sua fé em Jesus, menosprezado, lembre-se de que Jesus Cristo, o Filho de Deus, ama você. Foi por você que ele deu a vida. Ele amou tanto você que enfrentou a zombaria e o desprezo das pessoas. Esse mesmo Jesus conhece seus sentimentos, dores, raiva e desejo de vingança. Entregue o seu caminho ao Senhor, confie nele. Ele vai derramar tanto amor em seu coração, que sua mente ficará exultante e o ânimo virá ao lembrar que ele venceu o mundo.

Oração: Senhor Jesus, tu foste humilhado por amor a mim. Que o teu amor me anime e me traga alegria quando eu sofrer injustiça e desprezo. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Marcos 5.35-43 – Compartilhe #HoraLuterana

29 junho 2018

Choro, alegria e esperança

Insegurança. Quem nunca sentiu? Medo. Quem nunca enfrentou? Morte. Quem com ela não se angustiou? E diante de tantos desafios diários, de tantas perguntas e lutas, ouvimos: “O choro pode durar a noite inteira, mas de manhã vem a alegria” (Sl 30.5). Sim, a alegria vem. Não porque há mais segurança no mundo, menos terror em atos de ódio, menos morte. Mas porque Deus muda o choro em dança alegre e nos cerca de alegria. Alegria no perdão imerecido, oferecido em Jesus Cristo. Alegria no pão diário, dado. Alegria no encontro com o outro, em paz. Alegria na vida nova, na esperança de um novo céu e nova terra. O choro é passageiro, a alegria, eterna. 

Oração: Jesus, enxuga as minhas lágrimas. Sejam quais forem as dificuldades, medos e dores no dia de hoje, que a tua vida me traga alegria. Em teu nome. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 30 – Compartilhe #HoraLuterana 

28 junho 2018

O que fazer com a riqueza

O que fazer com a riqueza? Simples: ajudar os outros. Claro, não é tão simples assim ou então não haveria fome e miséria no mundo. Mas, a partir da riqueza que encontramos em Jesus, a riqueza do amor e da vida eterna que recebemos gratuitamente, é possível. Por isso o apóstolo Paulo disse aos cristãos de Corinto, pedindo que ajudassem os cristãos da Judeia: “Já que agora vocês têm bastante, é justo que ajudem os que estão necessitados. Em alguma outra ocasião, se vocês precisarem, e eles tiverem bastante, aí eles poderão ajudá-los. Assim todos são tratados com igualdade. Como dizem as Escrituras Sagradas: ‘Ao que muito pegou, nada sobrou; ao que pouco pegou, nada faltou’.” (2Co 8.13-15). Você tem o suficiente? Então, doe, ajude, reparta. Alguém sempre estará precisando. 

Oração: Jesus, que eu receba as tuas bênçãos para poder reparti-las com quem precisa. Aumenta meu amor por ti e pelas pessoas. Amém. 

Leia em sua Bíblia 2 Coríntios 8.1-9, 13-15 – Compartilhe #HoraLuterana 

Quer ajudar a Hora Luterana a consolar enfermos em hospitais com a boa notícia do amor de Deus? Conheça a Capelania com Jesus em www.horaluterana.org.br/projetos e seja um parceiro!

27 junho 2018

Favoritos

No futebol, seleções favoritas nem sempre passam da primeira fase de um torneio. Não há certezas. Por isso muitos comparam o futebol à vida: você planeja, treina, se prepara, mas o resultado pode não ser o esperado. No entanto, com Jesus, há certeza de vida eterna. Ele disse: “As minhas ovelhas escutam a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e por isso elas nunca morrerão. Ninguém poderá arrancá-las da minha mão. O poder que o Pai me deu é maior do que tudo, e ninguém pode arrancá-las da mão dele” (Jo 10.27-29). Com Jesus, ninguém poderá nos desclassificar ou tirar do campo da vida. 

Oração: Jesus, obrigado por, diante das incertezas desta vida, me dares a certeza da vida eterna. Em teu nome. Amém. 

Leia em sua Bíblia João 10.25-30 – Compartilhe #HoraLuterana

26 junho 2018

A esperança e o Reino de Deus

Jesus disse que “o Reino de Deus é como um homem que joga a semente na terra. Quer ele esteja acordado, quer esteja dormindo, ela brota e cresce, sem ele saber como isso acontece” (Mc 4.26-27). Tão misteriosa e impressionante como uma semente que germina, em seu tempo e circunstâncias, o Espírito de Deus age por meio da Palavra de Deus e nos faz parte do Reino de Deus. Ouvimos sobre o que Jesus fez por nós, morrendo por nossos pecados, e Deus age, nos fazendo seus filhos e herdeiros. Pela nossa própria razão ou força, não podemos crer em Jesus Cristo, nem vir a ele. Agora, sem a nossa razão compreender como tudo isso acontece, a esperança faz parte de uma nova vida, da certeza de que o futuro está garantido em Jesus.

Hoje, quarta-feira, vamos conversar sobre isso em nosso estudo bíblico online. Acesse, às 19h, www.facebook.com/horaluterana e participe! 

Oração: Deus, obrigado por, de modo tão maravilhoso e acima da minha compreensão, me colocares em teu Reino. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Marcos 4.26-29 – Compartilhe #HoraLuterana

25 junho 2018

Quando é preciso corrigir

Nem sempre temos paciência para ajudar a pessoa que errou. É mais fácil simplesmente condená-la com palavras e seguir adiante. Mas Deus nos ensina a agir com amor. O apóstolo Paulo aconselhou: “Meus irmãos, se alguém for apanhado em alguma falta, vocês que são espirituais devem ajudar essa pessoa a se corrigir. Mas façam isso com humildade e tenham cuidado para que vocês não sejam tentados também” (Gl 6.1). Com humildade, cuidaremos de quem errou. Afinal, diariamente, Jesus cuida de nós com seu perdão e amor.

Oração: Pai, dá-me teu amor para que eu trate com humildade e cuidado genuíno a quem errou. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Gálatas 6.1-5 – Compartilhe #HoraLuterana

24 junho 2018

No fim, tudo bem

No início de mais uma semana de trabalho, já olhamos para o fim do mês, esperando a recompensa pelo esforço, o salário. Imagine se tivéssemos que merecer o céu no fim do mês? Certamente ficaríamos no prejuízo. Por isso o apóstolo Paulo fala de uma nova vida: “Assim já não sou eu quem vive, mas Cristo é quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e se deu a si mesmo por mim. Eu me recuso a rejeitar a graça de Deus” (Gl 2.20-21). Sob o amor de Deus, o fim do mês e da vida serão maravilhosos.

Oração: Salvador Jesus, não permitas que eu rejeite a tua graça. E obrigado por me garantires a vida. Amém.

Leia em sua Bíblia Gálatas 2.15-21 - Compartilhe #HoraLuterana

23 junho 2018

Responda

“Que teria acontecido se o Senhor Deus não estivesse do nosso lado?” (Sl 124.1). Responda. Sem Deus ao nosso lado, a vida com suas incongruências seria insuportável, as culpas e pecados nos escravizariam, as barreiras seriam intransponíveis, o inimigo invencível, a morte um silenciar desesperador. Mas “o nosso socorro vem do Senhor Deus, que fez o céu e a terra” (Sl 124.8). O socorro vem, em e com Jesus Cristo. Nele, nada pode nos separar do amor do Criador. Nem a dor, nem a morte. Com Jesus ao nosso lado, ficamos livres. Demos graças ao Senhor!

Oração: Deus, meu Senhor, vem ao meu socorro! Preciso do teu perdão, amor e força. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 124 - Compartilhe #HoraLuterana

Você também pode colaborar com o trabalho da Hora Luterana com qualquer valor, fazendo uma doação online.

22 junho 2018

Caminhando juntos

Para quem está em uma jornada, estar na companhia de outras pessoas, além de ser um alento, é um auxílio valioso. Sozinhos, ficamos mais vulneráveis aos perigos externos (desvios, erros de rota, ataques) e também internos (tristeza, desânimo, solidão). Percebemos, então, como Jesus foi sábio e amoroso ao unir os cristãos, formando a sua Igreja. Em Jesus, podemos contar também com o amor dos seus seguidores. Como disse o apóstolo Paulo: "Por estarem unidos com Cristo, vocês são fortes, o amor dele os anima, e vocês participam do Espírito de Deus. E também são bondosos e misericordiosos uns com os outros" (Fp 2.1). Caminhemos juntos!

Oração: Querido Jesus, Salvador, obrigado por me dares a oportunidade de conviver com outros cristãos. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Filipenses 2.1-4 - Compartilhe #HoraLuterana

21 junho 2018

Olhos do coração

Não queremos andar por caminhos ruins ou tortuosos. Mas será que sempre conseguimos perceber quando estamos errados? “Todo caminho de uma pessoa é reto aos seus próprios olhos, mas o Senhor sonda os corações” (Pv 21.2), diz o provérbio bíblico. Por isso, precisamos de outros olhos, de olhos que vão além: os olhos de Deus. Ele pode nos corrigir e nos colocar no caminho certo. Ele nos mostra o único caminho para a paz e a vida eterna: Jesus. Assim, ao agir, lembre-se sempre de buscar o conselho de Deus para que ele “ilumine os olhos do coração” (Ef 1.18). Assim, conheceremos a esperança para a qual ele nos chamou. E saberemos como são maravilhosas as bênçãos que ele prometeu ao seu povo. Novos olhos, nova vida. 

Oração: Salvador Jesus, dá-nos olhos para vermos o teu perdão, teu conselho e a vida que nos dás. Amém. 

Leia em sua Bíblia Efésios 1.17-19 – Compartilhe #HoraLuterana

20 junho 2018

Cansei de ser bonzinho

“Cansei de ser bonzinho”, dizemos quando não vemos nossos esforços dando resultado, quando parece que o outro não reconhece os nossos sacrifícios, quando a pessoa ajudada não se interessa em mudar, quando o nosso orgulho fala mais alto do que o amor. Mas, “não nos cansemos de fazer o bem. Pois, se não desanimarmos, chegará o tempo certo em que faremos a colheita” (Gl 6.9). Talvez tenhamos de “engolir” o orgulho, ou mudar a maneira de ajudar. Afinal, não somos tão bonzinhos a ponto de sermos perfeitos. O único bom e perfeito, nosso Deus, sacrificou o próprio Filho por nós. “Portanto, sempre que pudermos, devemos fazer o bem a todos, especialmente aos que fazem parte da nossa família na fé” (Gl 6.10). Não nos cansemos de fazer o bem. Afinal, a bondade de Deus mudou e muda completamente a nossa história.

Oração: Pai, perdoa-me por meu desânimo em ajudar as pessoas. Que o teu Espírito Santo traga consolo e ânimo para que eu faça o bem a todos. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Gálatas 6.7-10 – Compartilhe #HoraLuterana

19 junho 2018

A criação e a copa do mundo

O primeiro jogo do Brasil na Copa não foi tão bom como muitos desejavam. Sem a vitória, muitos sentimentos despertaram: medo, ansiedade, vergonha, raiva, indiferença. Não, não somos perfeitos. Não somos imbatíveis. Não conseguimos sempre ser os melhores. No futebol e na vida. Mas quando Deus nos criou, tudo era diferente. Depois de ter criado o homem e a mulher, “Deus viu que tudo o que havia feito era muito bom” (Gn 1.31). A derrota para a tentação, para o desejo de sermos iguais a Deus, mudou o jogo. E continuamos sofrendo até hoje com esse gol contra. Quem muda o jogo? Jesus, que assume a nossa derrota, o nosso pecado, morre por nós e traz a vitória final: quem nele crer, não morrerá eternamente. Agora, vivemos sem ilusões, enfrentando dias difíceis, de aparentes derrotas, mas com a certeza de que “em todas essas situações temos a vitória completa por meio daquele que nos amou” (Rm 8.37).

Vamos conversar mais sobre a Copa e criação? Hoje, quarta-feira, às 19h, acesse www.facebook.com/horaluterana e participe ao vivo do estudo bíblico!

Oração: Pai, obrigado pela vitória em Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Gênesis 1.26-31 - #Compartilhe #HoraLuterana

18 junho 2018

Alegria para todos os dias

“Para quem está aflito, todos os dias são maus, mas a vida de quem tem o coração alegre é uma festa contínua” (Pv 15.15). Aflitos, não conseguimos desfrutar o dia ensolarado à beira-mar. Aflitos, não vemos a beleza das amizades. Aflitos, a preocupação com o dinheiro rouba os prazeres simples da vida. Aflitos, os dias parecem sempre difíceis. Mas Jesus quer alegrar o nosso coração. Ele sabe que no mundo, passamos por aflições. Por isso, ele, com a sua morte e a sua ressurreição, nos promete um novo mundo, uma nova vida, sem aflições. Até lá, ele relembra: “Tenham coragem. Eu venci o mundo” (Jo 16.33). Então, seguros, experimentaremos a vida com coração alegre.

Oração: Pai, não permitas que as aflições tirem de mim a alegria da vida, de viver com o coração alegre. Obrigado pela vida! Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Provérbios 15.14-17 – Compartilhe #HoraLuterana

Quer nos ajudar a espalhar a alegria da vida em Jesus? Ore pelo trabalho da Hora Luterana. 
E oferte! Saiba como em 

17 junho 2018

O que aconteceu com a felicidade?

“O que aconteceu com a felicidade que vocês tinham?” (Gl 4.15), pergunta Paulo aos gálatas. Ao se afastarem da graça de Deus, eles escolhiam a incerteza e a insegurança diante da incapacidade de cumprirmos a lei de Deus. Quando insistimos em achar o nosso próprio caminho para a felicidade eterna, perdemos a felicidade, vivendo uma religião sem alívio, sem descanso, sem sorrisos. “Mas, quando chegou o tempo certo, Deus enviou o seu próprio Filho, que veio como filho de mãe humana e viveu debaixo da lei para libertar os que estavam debaixo da lei, a fim de que nós pudéssemos nos tornar filhos de Deus” (Gl 4.4-5). E reencontramos a felicidade porque não somos mais escravos, mas filhos. 

Oração: Pai, dá-me novamente a alegria da tua salvação. Não me deixes sair do caminho da felicidade eterna em Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Gálatas 4.12-15 – Compartilhe #HoraLuterana

16 junho 2018

Defendendo a Pátria

Beijos na camisa, olhos marejados ouvindo o hino nacional, o olhar emocionado para a bandeira enquanto se recebe a medalha no pódio... Representar toda uma pátria em uma competição é uma alegria e, pode ao mesmo tempo, ser uma responsabilidade muito grande. Na vitória, o orgulho. Na derrota, o sentimento de decepcionar a nação.
Já os que creem em Jesus confessam que são de uma pátria diferente e que representá-la é constantemente uma alegria pois sabem que sempre serão bem recebidos: “Nós somos cidadãos do céu e estamos esperando ansiosamente o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que virá de lá” (Fp 3.20). Fazer parte dessa pátria é saber que, seja quais forem os resultados nesta vida, sofrimento ou alegria, quando vier o Rei Jesus, ele trará o prêmio da vida eterna. Seja você também um cidadão do céu e receba o prêmio da vida!

Oração: Rei Jesus, obrigado por dares a tua vida por mim e me fazeres cidadão do céu. Amém.

Leia em sua Bíblia Filipenses 3.17-21 - Compartilhe #HoraLuterana

15 junho 2018

Quem dirige a sua vida?

Por natureza temos a impressão de que somos autossuficientes, que sozinhos somos capazes de chegar onde queremos. Mas, com o tempo vamos percebendo que precisamos dos outros. Espiritualmente, então, a nossa dependência é total. Se Deus não interferir e dirigir a nossa vida caminharemos a passos largos para a desgraça. Por isso não queira dirigir sua vida sozinho, não rejeite a direção de Deus. Ele sabe o que é melhor para você. Ele sabia que você sozinho não seria capaz de livrar-se da culpa do pecado e por isso enviou Jesus. Lembre-se da promessa de Deus: “Pois o Senhor dirige e abençoa a vida daqueles que lhe obedecem” (Salmo 1.6).

Oração: Vem, Senhor Deus, e dirige a minha vida. Peço perdão pelas muitas vezes que eu esqueci de ti e de tua vontade. Faze a tua vontade em minha vida. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 1 - Compartilhe #HoraLuterana

14 junho 2018

Sede eterna

As seleções que estão na Copa do Mundo escolheram uma cidade para ser sua sede na Rússia. É um local para treinar, descansar, concentrar-se para as "batalhas" no campo de futebol. Mas, são "casas" temporárias. A nossa "casa" também é temporária. E temos batalhas também. Mas, "de fato, nós sabemos que, quando for destruída esta barraca em que vivemos, que é o nosso corpo aqui na terra, Deus nos dará, para morarmos nela, uma casa no céu. Essa casa não foi feita por mãos humanas; foi Deus quem a fez, e ela durará para sempre" (2Co 5.1). Jesus Cristo venceu a morte para podermos morar na sede eterna, na casa perfeita. Sim, a vitória está garantida.

Oração: Pai, quando chegar a hora, leva-me em paz para a casa eterna. Dá-me forças para as batalhas diárias. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia 2 Coríntios 5.1-10 - Compartilhe #HoraLuterana

Una-se a nós na proclamação do Evangelho! 
Faça parte do Grupo dos Evangelistas. 

13 junho 2018

Decisões e paz


“Será que é a vontade de Deus?”, muitos se perguntam diante de uma decisão. Aceito a proposta de emprego ou não? Que curso vou escolher? Que carreira? Para qual time torcer? Ter plano de saúde ou não? Ser autônomo ou trabalhar em empresa? São dúvidas comuns que precisam de decisões. Mas são decisões que podemos tomar com reflexão e análise. Para a decisão que não temos poder para tomar, de termos vida, Deus já mostrou a sua vontade: “Em obediência à vontade do nosso Deus e Pai, Cristo se entregou para ser morto a fim de tirar os nossos pecados e assim nos livrar deste mundo mau” (Gl 1.4). Seja qual for a sua dúvida, lembre-se da vontade de Deus em nos salvar. E viva em paz. 

Oração: Pai, ajuda-me em minhas decisões diárias para que reflitam o teu amor por todos. E guarda-me de afastar-me da tua vontade em Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia Gálatas 1.1-5 – Compartilhe #HoraLuterana

12 junho 2018

Que amor é esse?

Que amor é esse que tem força para perdoar uma traição? Que amor é esse que, ao invés de retaliar, de retribuir, faz uma festa quando o pecador volta para casa? Que amor é esse que supera a mágoa e a dor causada pela indiferença de seus próprios filhos? É o amor do único Deus verdadeiro: o Deus que sacrifica o próprio e único Filho perfeito, Jesus, para que os imperfeitos sejam feitos seus filhos. Quer amor de verdade? Volte para casa e o Pai fará festa: “Mas era preciso fazer esta festa para mostrar a nossa alegria. Pois este seu irmão estava morto e viveu de novo; estava perdido e foi achado” (Lc 15.32). 

Quer saber mais sobre esse amor? Participe do estudo bíblico online em www.facebook.com/horaluterana, hoje, quarta-feira, ao vivo, às 19h. 

Oração: Senhor Deus, eu não mereço ser chamado de teu filho. Ainda assim, tu me amas. Obrigado, Pai. Amém. 

Leia em sua Bíblia Lucas 15.11-32 – Compartilhe #HoraLuterana

Quer nos ajudar a continuar compartilhando o amor de Deus em Jesus?
Ore. Compartilhe. Oferte. 
Saiba como conhecendo nossos projetos em 

11 junho 2018

Fogo e adultério


“Será que você pode carregar fogo no colo sem queimar a roupa? Será que você pode andar em cima de brasas sem queimar os pés?” (Pv 6.27-28), pergunta o sábio ao falar sobre o adultério. “O homem que dorme com a mulher de outro corre esse mesmo perigo. Quem fizer isso terá de sofrer muito” (Pv 6.29), ele complementa. No adultério, sempre há prejuízo, sempre há dor, por mais que novelas, livros, e filmes o tratem como algo comum a ponto de ser aceitável. Nos dias de tentação, de provocação, não dê espaço para a queda. Tenha juízo! Não destrua a si mesmo. Peça a ajuda de Deus, e ele dará forças e o contentamento que vem do próprio Senhor da vida e da alegria.

Oração: Pai, perdoa-me por minha fraqueza. Ajuda-me a viver uma sexualidade sadia, sem culpa, no casamento. Dá-me novamente a alegria da tua salvação em Jesus para que eu aprenda a viver contente em toda e qualquer situação. Amém.

Leia em sua Bíblia Provérbios 6.27-35 – Compartilhe #HoraLuterana

10 junho 2018

Disposição

Cansados, temos dificuldades em ter disposição para acordar cedo e trabalhar. Desanimados, falta-nos disposição para tentar novos projetos. Pecadores, não há disposição que mude a nossa situação. Por isso, “ponha a sua esperança em Deus, o Senhor, porque o seu amor é fiel, e ele sempre está disposto a salvar” (Sl 130.7). O cansaço você pode vencer com uma noite de sono. E palavras de ânimo podem ajudar a tentar novos caminhos. Mas para a salvação, confie somente em Jesus! Perdoado, você receberá do Espírito Santo novas forças e alegria para o viver. 

Oração: Obrigado, Deus, por me salvares de meus pecados. Em nome de Jesus. Amém. 

Leia em sua Bíblia o Salmo 130 - Compartilhe #HoraLuterana

09 junho 2018

Eu sou sincero

Há coisas que precisam ser ditas que nem sempre são agradáveis. Ao ser interrompido por sua família, Jesus disse: “Quem é a minha mãe? E quem são meus irmãos?” E olhando para as pessoas que o seguiam, disse: “Vejam! Aqui estão a minha mãe e os meus irmãos. Pois quem faz a vontade de Deus é meu irmão, minha irmã e minha mãe” (Mc 3.33-35). Jesus nos mostra que é sincero, mas com amor. Talvez ele fosse acusado em nossos dias de ser politicamente incorreto: disse que somente ele é o caminho para o Pai! No entanto, ele sabe que a verdade precisa ser dita e vivida. Para o seu bem, ele é sincero pois quer viver eternamente com você.

Oração: Jesus, tu tens as palavras da vida eterna. Por vezes, elas me mostram uma realidade feia e vergonhosa da minha vida. Mas sempre me apontam o teu perdão e amor. Obrigado por tua sinceridade. Em teu nome. Amém.

Leia em sua Bíblia Marcos 3.31-35 - Compartilhe #HoraLuterana

08 junho 2018

Esconde-esconde

“Naquele dia, quando soprava o vento suave da tarde, o homem e a mulher ouviram a voz do Senhor Deus, que estava passeando pelo jardim. Então se esconderam dele, no meio das árvores” (Gn 3.8). Adão e Eva se esconderam porque haviam desobedecido a quem lhes dera vida. Mas o Criador os conhece. E também conhece você perfeitamente. Conhece suas culpas, desculpas e medos. E quer ajudar você: ele enviou Jesus para nos tornar novamente amigos dele. Confie em Jesus e nunca mais se esconda do Criador. 


Oração: Deus Criador e Salvador, perdoa-me por meus pecados. Obrigado por vires até mim e enviares Jesus Cristo para que eu não precise me esconder de ti. Amém. 

Leia em sua Bíblia Gênesis 3.8-13 - Compartilhe #HoraLuterana

07 junho 2018

Vai passar. Fora, desânimo!

Servir a Cristo animava o apóstolo Paulo. Ele sabia que o mesmo Deus que ressuscitou Jesus, o ressuscitará, e, por isso, não deixava que o sofrimento apagasse o brilho da graça de Deus alcançando mais pessoas. E afirmou: “Nunca ficamos desanimados. Mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia. E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento” (2Co 4.16-17). Está desanimado com as aflições e sofrimento? Confie em Jesus e olhe para a casa no céu, feita por Deus para você. O seu lugar, com Jesus, já está garantido! 

Oração: Senhor Jesus, renova minha esperança para que os sofrimentos por causa da fé não me desanimem. Em teu nome. Amém. 

Leia em sua Bíblia 2 Coríntios 4.13-5.1 - Compartilhe #HoraLuterana

06 junho 2018

Eu tenho, você não tem

“Eu tenho, você não tem” é a motivação para a cultura da ostentação. Eu tenho esse tênis caro, você não tem. Eu tenho um boné famoso, você não tem. Motivação tão antiga quanto a humanidade em pecado. “Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo”, afirmou o apóstolo João. Por fim, é um mundo empobrecido, que tende ao apodrecimento, ao pó, como todos os produtos, por mais caros ou exclusivos que sejam. “E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam; porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre” (1Jo 2.17).

Oração: Pai, liberta-me da cobiça e do orgulho. Que eu use os bens materiais para o bem do outro. E que eu me lembre sempre de que, com Jesus, tenho a herança da vida eterna. Amém.

Leia em sua Bíblia 1 João 2.15-17 – Compartilhe #HoraLuterana

05 junho 2018

Querer e fazer

"Para ser feliz, faça o que você tiver vontade" ouvimos dos profetas do ego, como se a nossa vontade fosse capaz de produzir alegria duradoura, ou mesmo, satisfação. Deus, o nosso Pai, sabe que quando simplesmente queremos fazer a nossa vontade, podemos nos machucar, machucar os outros e nos afastarmos da alegria verdadeira. Assim, com sua palavra, "Deus está sempre agindo em vocês para que obedeçam à vontade dele, tanto no pensamento como nas ações" (Fp 2.13). É sob a vontade amorosa, perdoadora e reconciliadora de Jesus que podemos "brilhar como as estrelas no céu, entregando para as pessoas más a mensagem da vida" (Fp 2.15-16). Há satisfação maior do que mudar a vida de alguém, de oferecer a vida a quem só conhece a morte?

Vamos conversar mais sobre isso? Hoje, quarta-feira, no estudo bíblico on-line, às 19h. Acesse www.facebook.com/horaluterana e participe!

Oração: Pai, que eu veja sempre a tua vontade como o melhor caminho, e que me traz alegria. Em nome de Jesus. Amém.

Leia em sua Bíblia Filipenses 2.12-18 - Compartilhe #HoraLuterana

04 junho 2018

Na instabilidade

Um vulcão em erupção, um fim de semana sem abastecimento nos supermercados e postos, a morte de alguém próximo, e novamente precisamos reconhecer o quanto não temos controle, o quanto a vida pode mudar em um segundo, o quanto somos frágeis. Mas “Deus é o nosso refúgio e a nossa força, socorro que não falta em tempos de aflição. Por isso, não teremos medo, ainda que a terra seja abalada, e as montanhas caiam nas profundezas do oceano. Não teremos medo, ainda que os mares se agitem e rujam, e os montes tremam violentamente” (Sl 46.1-3). E novamente encontramos a estabilidade, não em nós, não na natureza, mas no Criador, no Salvador.

Oração: Senhor Jesus, não permitas que as instabilidades neste mundo me façam esquecer da fidelidade de Deus em todas as suas promessas. Obrigado pela vida eterna que me dás gratuitamente. Amém.

Leia em sua Bíblia o Salmo 46 – Compartilhe #HoraLuterana